Expansão: TV Fepesp chega a 52 cidades do Estado de São Paulo

Expansão: TV Fepesp chega a 52 cidades do Estado de São Paulo

A TV Fepesp está expandindo sua área de exibição. Completando quatro meses no ar na cidade de São Paulo, a TV Fepesp passará a ter sua programação exibida em 52 cidades, através de um pool de 26 emissoras no estado.

Parceria da Federação dos Professores do Estado de São Paulo – Fepesp com a Associação das TVs Comunitárias de São Paulo – Acesp, o contrato de transmissão foi oficialmente assinado na última terça-feira (7), em reunião entre os presidentes das duas entidades. A expansão da TV Fepesp tem como objetivo levar o debate da educação de qualidade para os professores, professoras, auxiliares de administração escolar e técnicos de ensino do interior do estado, além de pais, alunos e todos os interessados nas questões que afetam a formação dos nossos jovens.

O ‘Sala de Professores’, principal programa da TV Fepesp, tem se destacado como espaço importante na mídia para tratar única e exclusivamente de assuntos relacionados à vida na escola e na universidade. Temas cotidianos e próximos ao professor, como a saúde vocal e a figura feminina na escola, assuntos globais, como as eleições norte-americanas e a situação de paz na Colômbia, além de pautas que dialogam com os direitos do trabalhador, como é o caso da reforma da previdência, já foram abordados no programa.

Juristas, jornalistas, especialistas em saúde, analistas internacionais e, claro, professores já passaram pelo estúdio em que é gravado o ‘Sala de Professores’. A TV Fepesp não busca apenas qualificar o debate da educação brasileira, mas dialogar diretamente com professores, auxiliares e técnicos sobre o que acontece em sala de aula. Dar voz, fortalecer a comunicação e avançar na causa dos trabalhadores de ensino.

Fonte: Fepesp

Artigos relacionados

Notícias

Proposta da nova Previdência ainda tem vários pontos críticos, analisa Clemente Ganz Lúcio

O projeto de reforma da Previdência avançou na Câmara dos Deputados, depois de receber reação contrária de parte da sociedade, em especial dos movimentos sindical e social, que repudiam as

Notícias 0 comentários

Negros e negras que deveriam ser mais estudados nas escolas

“Parece que os negros não têm passado, presente e futuro no Brasil. Parece que sua história começou com a escravidão, sendo o antes e o depois dela propositalmente desconhecidos.” Quem

Notícias

Comunicado Apropucc sobre eleição de representante docente no Consun

Comunicado da diretoria da Apropucc sobre a eleição para representação docente no Conselho Universitário da PUC-Campinas.          

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!