9º Congresso do Sinpro Campinas – Reformas, Resistência e Valorização dos Professores

O Sinpro Campinas e Região realiza seu 9º Congresso nos dias 2 e 3 de junho, no Hotel Vila Rica, em Campinas. Entre os principais objetivos do encontro está o de fazer uma avaliação dos últimos três anos de gestão, para que o Sindicato possa aprimorar o seu trabalho e elaborar um Plano de Lutas, que apontará os caminhos a serem trilhados nos próximos três anos, diante da atual conjuntura.

A participação dos professores e professoras é fundamental, principalmente no momento em que os direitos trabalhistas, e notadamente os dos professores e professoras são ameaçados por reformas de cunho neoliberal, que visam aniquilar com toda a legislação trabalhista existente e com a autonomia dos docentes, através de legislação do tipo da “lei da mordaça”.

Dois palestrantes foram convidados para alimentar o debate. No dia 2, sexta-feira, o tema será Conjuntura e Resistência, com o Prof. Thomas Toledo, historiador pela FFLCH/USP, mestre em Desenvolvimento Econômico pelo IE/Unicamp, professor de Relações.

No dia 3, o tema será sobre a Valorização dos Professores e a profissionalização, com a Profª Madalena Guasco Peixoto, coordenadora da Secretaria-geral e vice-coordenadora da Contee.

A participação de professoras e professores no Congresso do Sinpro ocorre por meio de eleição de delegados representantes das escolas. As inscrições podem ser feitas com os diretores do Sindicato nas escolas, na Sede, ou nas Subsedes do Sinpro, até o dia 26 de maio.

A representação de delegados será de um para cada 50 professores da escola e, no máximo, quatro professores a cada escola.  Os professores aposentados da categoria poderão escolher até quatro delegados.

Para mais detalhes, entre em contato através do telefone (19) 3256-5022, ou e-mail: sinprocampinas@sinprocampinas.org.br.

PROGRAMAÇÃO

02/06- Sexta-feira

  • 17h – Café de recepção
  • 17 às 20h- Credenciamento dos delegados
  • 18h30- Abertura- entidades e autoridades presentes
    19h30 – Atividade cultural
  • 20h- Palestra: Conjuntura e Resistência- prof. Thomas Toledo,  historiador pela FFLCH/USP, mestre em Desenvolvimento Econômico pelo IE/Unicamp, professor de Relações Internacionais e ex-Secretário Geral do Cebrapaz.
  • 20h45- Debate
  • 22h- Jantar

03/06- Sábado

  • 8h – Café de boas vindas
  • 8h às 10h- Credenciamento de delegados e suplentes
  • 9h- Atividade Cultural
  • 9h30- Palestra: Valorização dos Professores e a profissionalização – Profª Madalena Guasco Peixoto, coordenadora da Secretária-geral e vice-coordenadora da Contee
  • 10h15- Debate
  • 11h- Café
    11h15 às 13h- Trabalho em grupo
  • 13h Almoço
  • 14h às 15h30 – Continuidade do Trabalho em grupo
  • 15h30 às 16h- Café
  • 16h às 18h – Plenária e Plano de Lutas
  • 18h – Dinâmica de Encerramento Festivo

O Hotel Vila Rica Campinas fica na Rua Donato Pascoal, nº 100 – Parque Itália.

Obs.: professores interessados em participar devem procurar a diretoria da Apropucc.

Fonte: Sinpro Campinas e Região

Artigos relacionados

Notícias

Balanço da SBPC aponta “cenário desastroso” na ciência e pesquisa do Brasil

A Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) divulgou, no último dia 19 de dezembro, um balanço da política científica brasileira em 2019. O documento teve pouca repercussão na

Notícias

IBGE faz radiografia da escolaridade dos brasileiros em 2016

PNAD Contínua 2016: 51% da população com 25 anos ou mais do Brasil possuíam apenas o ensino fundamental completo Editoria: Estatísticas Sociais Em 2016, cerca de 66,3 milhões de pessoas

Notícias

Artigo: Por uma nova Conclat. Guerra é Guerra!

Podemos começar desde já a defender que o movimento sindical precisa de uma nova CONCLAT, a Conferência Nacional da Classe Trabalhadora – porque guerra é guerra!’.   por João Guilherme

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!