Câmara de Santa Bárbara aprova moção de repúdio contra demissões da Unimep

O vereador de Santa Barbara d’Oeste Joi Fornasari (SD) apresentou uma moção de repúdio na sessão ordinária da Câmara Municipal da cidade, na terça-feira, dia 23, contra as demissões irregulares feitas na Unimep.

A moção, que foi aprovada por unanimidade pelos vereadores da Casa, afirmava que as justificativas econômicas apresentadas pela reitoria para a demissão dos docentes não se sustentam, uma vez que “houve demissões de professores que denotam clara perseguição política ou por pertencer à diretoria do Sinpro – Sindicato dos Professores de Campinas e Região ou da Adunimep-Associação dos professores da Unimep”.

O documento também assegura que os desligamentos ocorreram à revelia das normativas externas e internas, ou seja, em desrespeito à CF (Constituição Federal) de 1988, a LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional) de 1996 e o próprio Estatuto e Regimento da Universidade.

A moção fortalece a luta do Sinpro contra as medidas arbitrárias tomadas pela Rede Metodista.

Fonte: Sinpro Campinas

Artigos relacionados

Notícias

Prazo para requerer 1ª parcela do 13º salário vai até 31 de janeiro

O professor que pretende receber a metade do 13ª salário junto com as férias de julho de 2016 tem até o dia 31 de janeiro para requerer o benefício. O

Notícias

Nota Pública da Apropucc contra as reformas e a terceirização

Por meio de Nota Pública, a diretoria da Apropucc manifesta posição contrária às propostas de Reformas da Previdência e Trabalhista e a Terceirização  por representarem a perda de direitos dos trabalhadores. Na nota a Apropucc

Notícias

A OIT e a luta contra a Reforma Trabalhista do governo Temer: possibilidades e limites

O artigo abaixo foi elaborado pela coordenadora da Secretaria de Relações Internacionais da Contee, diretora do Sinpro Campinas e da CTB e vice-presidenta da CEA, Maria Clotilde Lemos Petta. No

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!