Centrais pedem que TST suspenda sessão que vai rever regras trabalhistas

FAs centrais sindicais emitiram nota conjunta sexta-feira (2) pedindo a suspensão da audiência marcada para 6 de fevereiro, na qual o Tribunal Superior do Trabalho (TST) pretende analisar a alteração de Súmulas e Orientações do Tribunal

em face da Lei nº 13.467/2017, sem qualquer diálogo com os trabalhadores.

Leia a nota abaixo:

nota_centrais_TST_02_02_18 nota_centrais_TST_02_02_18_pg2

Fonte: Contee

Artigos relacionados

Notícias

Novo acordo proposto pela reforma trabalhista não beneficia professor

A nova lei trabalhista, sancionada dia 11 de novembro, não beneficia em nenhum ponto o trabalhador brasileiro.  Pelo contrário, o intuito da reforma é justamente retirar direitos da classe trabalhadora

Notícias

Movimentos, partidos e ONGs lançam frente ampla por diretas já

São Paulo – Partidos políticos de esquerda, movimentos populares, centrais sindicais, religiosos, juristas, estudantes e organizações não-governamentais, reunindo mais de 55 entidades representativas de diferentes setores da sociedade civil, de

Notícias

Licença sem remuneração não deve atender aos interesses das escolas

O Sinpro Campinas e Região tem recebido denúncias de professores que estão sendo levados a solicitar licença sem remuneração para atender aos interesses das instituições do Ensino Superior e da

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!