Contee e UNE realizam ‘Jornada contra a mercantilização e em defesa da educação pública’

A Contee e a UNE vão realizar juntas, entre 19 de fevereiro e 2 de março, a “Jornada contra a mercantilização e em defesa da educação pública”. A ação visa a mobilizar estudantes, professores, auxiliares e técnicos administrativos na luta contra a reforma trabalhista, as demissões em massa nos estabelecimentos de ensino superior — como as ocorridas no fim do ano passado — e a privatização e mercantilização da educação no país.

As entidades estão disponibilizando o panfleto abaixo para esclarecer a sociedade sobre a necessidade de defesa da educação como setor estratégico para o desenvolvimento soberano no Brasil. O documento retoma também a luta em prol da criação do Instituto Nacional de Supervisão e Avaliação da Educação Superior (Insaes), uma reivindicação da Contee e da UNE cuja tramitação se encontra paralisada desde 2015 no Congresso Nacional.

As federações e sindicatos filiados à Contee podem baixar o arquivo do panfleto e acrescentar seus respectivos logotipos em adesão a essa jornada e a essa luta, divulgando-a nas instituições de ensino privadas de cada estado e município.

Educação não é mercadoria!

Baixe o panfleto:

Fonte: Contee

Artigos relacionados

informativos 0 comentários

Apropucc na luta contra a violência à mulher

10 de outubro é o Dia Nacional de Luta contra a Violência à Mulher. Em 1980 a data foi marcada com um movimento que começou em São Paulo, quando mulheres

informativos 0 comentários

Evento discute retrocessos nos direitos trabalhistas no governo Temer

“No fundo, o que se busca com as mudanças nas leis trabalhistas é voltar ao século XIX”, opina pesquisador Nesta segunda-feira (10) foi realizado o seminário público “Direitos Trabalhistas –

informativos

Eleição docente para o Consun será de 19 a 23/02

De 19 a 23 de fevereiro acontece a eleição para representação docente e técnico-administrativo no Consun (Conselho Universitário). O duração do mandato desses membros é de dois anos, podendo ser reconduzidos. A

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!