Sinpro faz assembleia com docentes da PUCC sobre hora-dedicação e hora-pesquisa

SINPRO-CAMPINASSSS

O Sindicato dos Professores de Campinas e região realizou, dia 23/10, assembleia com professores da PUC Campinas para tratar sobre o processo de hora-dedicação e hora-pesquisa. Na ocasião, foram apresentadas três propostas aos docentes.

Primeiramente, os docentes aprovaram a proposta que tratava sobre a remuneração das horas-pesquisa, consistente nas novas proporções de distribuição em relação às horas-aula, tabela de valores e não redução global salarial, tal como proposto pela empregadora.

A segunda votação aceitou o pagamento da compensação líquida para os pesquisadores admitidos após 01/03/2011, no valor de R$ 800.000,00, em parcela única, para quitação de todas as diferenças relativas às horas-pesquisa.

A última proposta votada tratava sobre os pesquisadores admitidos antes de 01/03/2011. Os professores aceitaram o pagamento da quantia líquida de R$ 36.255.130,69, em 12 vezes, para quitação de todas diferenças relativas às horas-pesquisa.

Ao aceitarem as propostas, os docentes abriram mão de discutir o assunto judicial ou extrajudicialmente, respeitando-se eventuais ações individuais em curso.

A universidade condicionou a validação das propostas à aprovação integral do novo Regulamento da Carreira Docente.  Por isso o Sindicato fará nova assembleia, dia 12/11/2019, às 19h00, no Auditório Dom Gilberto, para deliberar sobre o novo Regulamento da Carreira Docente.

Todos os professores que lecionam na universidade estão convocados a participar da assembleia.

Clique aqui e veja a proposta na íntegra do Regulamento do Plano de Carreira Docente da PUC Campinas e os comentários feitos pelo departamento jurídico do Sinpro sobre o documento.

Artigos relacionados

Notícias

De 5 a 10/09 tem eleição para representação docente no Consun

De 5 a 10 de setembro acontece a eleição para representação docente no Consun (Conselho Universitário) da PUC-Campinas. Podem votar os docentes contratados pela instituição até 30 de agosto de 2019. A votação

Notícias

Manifesto defende Paulo Freire como patrono da educação brasileira

O Coletivo Paulo Freire lançou nesta segunda 16 um manifesto em defesa ao legado de Paulo Freire e pela manutenção de seu título como patrono da educação brasileira. Encabeçado pela

Notícias

#PrimaveraDeLutas começa com ato na Paulista nesta sexta-feira (22)

As centrais sindicais (CTB, UGT, Força Sindical, Nova Central e CSB) convocaram os trabalhadores nesta sexta-feira (22) , ocupar a Avenida Paulista (em frente ao Masp), a partir das 10h,

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!