Apropucc vai as ruas no Dia Internacional de Luta do Trabalhador

Apropucc e Sindicato dos Professores de Campinas e Região protestam contra projeto de lei que amplia a terceirização e iniciativa de ajustes fiscais do governo federal

A diretoria da Apropucc compareceu ao ato do Dia Internacional de Luta do Trabalhador, 1o de Maio.

A entidade se juntou aos movimentos sindicais e sociais de Campinas para lutar contra o projeto de lei que amplia a terceirização, as Medidas Provisórias 664 e 665 – que reduzem direitos como seguro desemprego, pensão, auxílio saúde etc.– e o ajuste fiscal do governo federal.

E os professores atenderam ao chamado das centrais sindicais como forma de dar resposta aos ataques aos direitos e conquistas da classe trabalhadora.

Também estão na pauta dos professores as defesas do desenvolvimento econômico-social e da valorização do trabalho do professor, além do combate à privatização dos serviços públicos.

Nenhum direito a menos!

Sobre o autor

Artigos relacionados

informativos

Carta Capital: Sem investimento em ciência, o Brasil não terá solução

Ao final de cada ano, várias retrospectivas são publicadas. Muitas sobre economia ou negócios, outras sobre dinheiro ou política. Não foi surpresa a publicação das 70 maiores personalidades bilionárias do

informativos

Críticos consideram PEC do Teto ameaça a conquistas sociais da Constituição

A aprovação da PEC 55/2016, que impõe limites para os gastos federais pelos próximos 20 anos, é o início do fim da Constituição Cidadã de 1988 — a previsão negativa

informativos

Pauta: previsão orçamentária, Contribuição Assistencial e Campanha Salarial 2017

O Sindicato dos Professores de Campinas e Região realiza no dia 26 de novembro, sua Assembleia Ordinária de Previsão Orçamentária para 2017, o valor da Contribuição Assistencial e também a

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!