Outubro Rosa

cartaz-mulheres-vertical-webOutubro Rosa é o mês que simboliza, internacionalmente, a luta contra o câncer de mama. Esse movimento nasceu nos Estados Unidos, na década de 1990, e a campanha ganhou esse nome por conta do laço cor de rosa. Seu principal objetivo é promover a conscientização, compartilhar informações e estimular a prevenção e o diagnóstico precoce da doença.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), a doença é o segundo tipo de câncer mais frequente no mundo e, apesar de também atingir os homens, as mulheres, acima de 35 anos, são o principal alvo. No ano passado, estima-se que houve pouco mais de 57 mil casos novos e foram registradas cerca de 14 mil mortes de mulheres, e em torno de 180 mortes de homens, pela doença. No entanto, de 2005 a 2009, a taxa de tratamento bem sucedido contra o câncer de mama subiu de 78% para 87%, resultado de intensa mobilização em todo o país e dos recursos aplicados.

O Inca orienta que todas as mulheres conheçam seu corpo e sempre que possível, faça o autoexame para se prevenir. Saiba mais informações na página do INCA.

A Apropucc apoia essa campanha!

Artigos relacionados

Notícias

Ednilson Arendit é reeleito para representação docente no Consun

O professor Ednilson José Arendit (CEA) foi reeleito como representante do corpo docente junto ao Consun (Conselho Universitário) da PUC-Campinas. Ele também é presidente da Apropucc e diretor do Sinpro Campinas e Região. A

Notícias

As professoras e diretoras da Apropucc, Juliana e Silvana, discutirão em live a docência na pandemia

“Ser professor no Brasil Contemporâneo (e pandêmico)” é o tema da live desta quarta-feira (14/10), às 17h45 em homenagem à “Semana da Educação”. A professora, doutora em História Politica pelo

Notícias

Presidente do TST pede censura de juízes contrários à reforma trabalhista

A descabida perseguição política e ataque à liberdade de expressão feita pelo presidente do TST, Ives Gandra Filho, contra os juízes Jorge Luiz Souto Maior e Valdete Souto Severo pelo posicionamento

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!