Audiência Pública debate Juizados de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher

Audiência Pública debate Juizados de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher

Nesta terça-feira (24), das 19 às 22h, no Salão Vermelho da Prefeitura, acontece a Audiência Pública “Juizados de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher: Desafios e Perspectivas para a Implementação em Campinas”.
A mesa de debate será composta por representantes do Conselho da Mulher de Campinas e Conselho de Direitos Humanos e Cidadania, da Defensoria Pública do Estado de São Paulo/Secção Campinas, da Delegacia de Defesa da Mulher de Campinas e do Ministério Público/Campinas. A mediação fica por conta da Associação de Promotoras Legais Populares (PLPs) Cida da Terra de Campinas e Região.

O objetivo é discutir a criação de Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher em Campinas com competência cível e criminal, além do atendimento policial especializado e tratamento jurídico oferecidos às mulheres em situação de violência, em particular nas Delegacias de Atendimento à Mulher, sob a ótica da Lei Maria da Penha (Lei nº 11.340/2006).

Essa legislação busca instituir mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher e implementar medidas de prevenção, assistência e proteção às mulheres em situação de violência.

Vale destacar que o “Mapa da Violência 2015: Homicídio de Mulheres no Brasil”, divulgado neste mês, aponta que entre 2003 e 2013, o número de vítimas do sexo feminino passou de 3.937 para 4.762, aumento de 21% na década. Essas 4.762 mortes em 2013 representam 13 homicídios femininos diários. O número de homicídios de mulheres brancas caiu de 1.747 vítimas, em 2003, para 1.576, em 2013. Isso representa uma queda de 9,8% no total de homicídios do período. Já os homicídios de mulheres negras aumentaram 54,2% no mesmo período, passando de 1.864 para 2.875 vítimas.

Artigos relacionados

informativos 0 comentários

Sindicato da Construção Civil realiza palestra com Márcio Pochmman

O Sindicato da Construção, Montagem e Mobiliário de Campinas e Região (Sinticom) realiza na Sexta Cultural, dia 25/09, às 18h30, no Auditório João do Prumo, a palestra “As perspectivas da

informativos 0 comentários

Precarização do Trabalho e Saúde do Trabalhador é tema de livro acadêmico

Em breve será lançado o livro “A Hýbris de Saturno: Precarização do Trabalho, Saúde do Trabalhador e Invisibilidade Social” que aborda questões acerca do adoecimento do trabalhador e da precarização

informativos 0 comentários

Apropucc vai as ruas no Dia Internacional de Luta do Trabalhador

Apropucc e Sindicato dos Professores de Campinas e Região protestam contra projeto de lei que amplia a terceirização e iniciativa de ajustes fiscais do governo federal A diretoria da Apropucc

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!