Professora Mônica é eleita representante docente no Consun

WhatsApp Image 2019-09-16 at 10.30.49A Profª. Drª. Mônica Cristina Martinez de Moraes foi eleita pela categoria para representação do Corpo Docente junto ao Conselho Universitário (CONSUN).

Mônica é Pedagoga, professora da PUC-Campinas desde 1993, mestre em Educação pela USP, doutora em Educação pela Unicamp e tem pós doutorado em Educação pela Universidade de Salamanca/Espanha. Já foi da Assessoria Técnico Pedagógica do Programa de Acessibilidade/Proaces e membro do Conselho da Faculdade de Educação, da Faculdade de Ciências Biológicas e da Faculdade de Letras. Também foi da Coordenação da Comissão Local de Acompanhamento e Controle Social do Prouni e atualmente é diretora da Apropucc.

Em sua carta programa, a professora Mônica sinaliza a importância da representação docente no Consun defender os interesses dos professores e das professoras frente à Reitoria e aos demais órgãos deliberativos da Universidade e afirma “… é de grande relevância dar continuidade e participar das discussões e propor questões pertinentes a um projeto de universidade contextualizado interna e externamente, uma Universidade moderna que revaloriza a docência e a pesquisa”.

Vale destacar que o Consun é um órgão consultivo e deliberativo e é de sua competência definir e aprovar as diretrizes que regem a Universidade, além de garantir o cumprimento do Estatuto da instituição. Por isso, é extremamente importante elegermos candidatos independentes da reitoria e comprometidos com as nossas reivindicações.

 

 

Artigos relacionados

Notícias

Nota da Apropucc sobre a reorganização do horário docente

Nos boletins passados, após a diretoria da Apropucc realizar audiências junto à Pró-Reitoria de Graduação, comunicamos à comunidade docente a nossa posição contrária às mudanças na carga horária dos professores

Notícias

UNE convoca novamente os estudantes a se mobilizarem

O último dia 15 de Maio representou para a história do Brasil um marco na defesa da nossa educação. As universidades, institutos federais, escolas, públicas e privadas, paralisaram suas atividades,

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!