Precarização do Trabalho e Saúde do Trabalhador é tema de livro acadêmico

Precarização do Trabalho e Saúde do Trabalhador é tema de livro acadêmico

Em breve será lançado o livro “A Hýbris de Saturno: Precarização do Trabalho, Saúde do Trabalhador e Invisibilidade Social” que aborda questões acerca do adoecimento do trabalhador e da precarização do trabalho e das suas relações.

Confira abaixo resenha produzida pelos professores Giovanni Alves, André Luís Vizzaccaro-Amaral e Bruno Chapadeiro:

“No livro “A Hýbris de Saturno: Precarização do Trabalho, Saúde do Trabalhador e Invisibilidade Social”, procuramos fomentar o debate acerca da temática Trabalho-Saúde destacando a invisibilidade social, oriunda da natureza ideológica do capitalismo, a que os trabalhadores adoecidos estão submetidos, frente à precarização do trabalho como precarização da pessoa humana-que-trabalha.

O título do livro sugere a tese de que a miséria humana das pessoas-que-trabalham decorrem, entre outras coisas, da hýbris do capital como sujeito automático da auto-valorização do valor. O capital, como o deus Saturno, deus do Tempo na mitologia romana, é o senhor do Tempo. “Time is Money”, disse Benjamin Franklin. O capital é movimento voraz que reduz tempo de vida a tempo de trabalho estranhado.

Como o deus mitológico Saturno, ele devora seus filhos – o mundo dos homens do qual é expressão alienada. Na língua grega, Hýbris significa qualquer violação da norma da medida e dos limites que o homem deve encontrar nas suas relações com o outro, com a divindade e com a ordem das coisas. Portanto, Hýbris de Saturno significa a desmedida do capital como sujeito estranhado do processo civilizatório que, nas condições da crise estrutural do capital, devora o mundo dos homens. A maior expressão da desmedida do capital é a predominância do capital financeiro na dinâmica de valorização da riqueza capitalista. Como reprodução hermafrodita da riqueza abstrata, o capital financeiro dilacera a Humanidade proletária – corpo e alma. Esta é a era da barbárie social. Eis a ponta do iceberg das depressões e adoecimentos físicos e psicológicos que crassam no mundo do trabalho hoje. E pior: adquirem o status de invisibilidade social por conta do poder da ideologia disseminada pelos aparatos sistêmicos do capital hegemônico.

A multidisciplinaridade presente nesta obra, produzida coletivamente a partir dos esforços de importantes protagonistas e de novos pesquisadores envolvidos com a temática do “trabalho e saúde”, reflete as múltiplas dimensões do trabalho, reafirmando, assim, sua centralidade na ontologia do ser social.”

Confira abaixo o índice bibliográfico do livro “A Hýbris de Saturno: Precarização do Trabalho, Saúde do Trabalhador e Invisibilidade Social”:

Capítulo Introdutório. Invasões Bárbaras

Sergio Augusto Vizzaccaro-Amaral (Professor Convidado. TArte. São Paulo-SP)

SEÇÃO 1. Trabalho, Saúde e Invisibilidade Social

Capítulo 01. Prometeu adoecido: capitalismo global e adoecimento da pessoa humana

Giovanni Alves (Professor Titular. UNESP. Marília-SP)

Capítulo 02. A construção social da invisibilidade das doenças e mortes relacionadas ao trabalho

Dolores Sanches Wunsch (Professora Adjunta. UFRGS. Porto Alegre-SP)

Jussara Maria Rosa Mendes (Professora Adjunta. UFRGS. Porto Alegre-SP)

Capítulo 03. Brevíssima história da legitimação da precarização da saúde do trabalhador no Brasil mediante o saber médico-psiquiátrico-taylorista

Roberto Heloani (Professor Titular. UNICAMP. Campinas-SP)

Margarida Barreto (Professora Convidada. PUC-SP/FCM-Santa Casa-SP. São Paulo-SP)

SEÇÃO 2. Saúde, Subjetividade e a Precarização do Trabalho

Capítulo 04 . A (in)visibilidade dos “(in)capacitados para o trabalho”

André Luís Vizzaccaro-Amaral (Professor Adjunto. UEL. Londrina-PR)

Capítulo 05. Dificuldades no reconhecimento das doenças do trabalho e a invisibilidade social de trabalhadores

Maria Elizabeth Antunes Lima (Professora Titular. UFMG. Belo Horizonte-MG)

Capítulo 06. Precariedade do trabalho, precarização da vida: uma análise do trabalho nos call centers

Selma Venco (Professora Doutora. UNICAMP. Campinas-SP)

Capítulo 07. Os impactos das condições de trabalho sobre a subjetividade do professor de ensino superior privado de Campinas

Liliana Aparecida de Lima (Professora. PUCCamp. Campinas-SP)

Capítulo 08. Corações e Mentes: nexos da “captura” da subjetividade nos programas comportamentais em saúde e segurança no trabalho

Bruno Chapadeiro (Pesquisador. UNICAMP. Campinas-SP)

SEÇÃO 3. Dimensões Jurídico-Administrativas e Saúde do Trabalhador

Capítulo 09. Antropoética

Luiz Salvador (Advogado Trabalhista e Previdenciário. ALAL. Curitiba-PR)

Olímpio Paulo Filho (Advogado Trabalhista e Previdenciário. ABRAT. Curitiba-PR)

Capítulo 10. Terceirização: mortes e mutilações de trabalhadores nos setores elétrico, petroleiro e da construção civil

Grijalbo Fernandes Coutinho (Desembargador. TRT-10. Fortaleza-CE)

Capítulo 11. O amanhecer da reestruturação produtiva: os programas de metas e o recrudescimento dos riscos psicossociais no setor bancário

Luciana Veloso Baruki (Auditora Fiscal do Trabalho. MTE-Governo Federal. São Paulo-SP)

Crédito: FreeImages.com/Ricardo Vasquez (#1558780)

Artigos relacionados

informativos

CONTEE: II Plenária Nacional de Educação

Na próxima quarta-feira (8), das 10h às 17h, a Contee realiza a II Plenária Nacional de Educação em defesa da democracia, da garantia da educação pública e gratuita, do cumprimento

informativos

RABECA CULTURAL | Projeto “Revisitando o Brasil” debate o tema “Paisagens Culturais em Campinas

A Rabeca Cultural e o “Projeto Revisitando o Brasil – do Local ao Global, do Global ao Local – Viagens Contextualizadas” convidam para a videoconferência “Paisagens Culturais em Campinas”. Esse encontro será conduzido pela

informativos

Pesquisa: Novas Tecnologias aumentam o volume de trabalho do professor

Seis em cada dez professores da rede privada de ensino superior do estado de São Paulo afirmam que houve um aumento do volume de trabalho com o uso de tecnologias

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!