Dia 23/07 é prazo final para se sindicalizar e poder votar nas Eleições do Sinpro

O Sindicato dos Professores de Campinas e Região realizará entre os dias 23 e 27 de outubro deste ano, as eleições para a escolha da Diretoria para o triênio 2018-2021.

O professor ou professora que quiser participar das eleições como votante deverá estar sindicalizado até o dia 23 de julho, caso contrário não estará apto a votar. Como o prazo para se sindicalizar e poder votar vencerá no período de férias dos diretores e funcionários do Sindicato, as sindicalizações que forem feitas pelo site: http://www.sinprocampinas.org.br/sindicalize-se/ serão aceitas, desde que feitas até a data limite e depois de serem aprovadas na primeira reunião de Diretoria.

Seguindo o cronograma, até 30 de setembro deverá ser publicado o edital de convocação das eleições e aberto o período de registro das chapas, que terão entre 25 de setembro e 9 de outubro para se inscrever.

O prazo para os filiados ao Sinpro quitarem débitos e poderem exercer o direito de voto nas eleições do Sindicato vence no dia 3 de outubro, devendo estar todas as mensalidades até agosto, inclusive, em dia.

No dia 6 de outubro, o Sinpro vai disponibilizar a listagem com os nomes dos filiados em condições de votar nas eleições.

Fonte: Sinpro Campinas e Região

Artigos relacionados

Notícias

Jornadas Político-pedagógicas Paulo Freire

A Faculdade de Educação da Unicamp realizará as “Jornadas Político-pedagógicas Paulo Freire”, no dia 14 de outubro (sexta-feira), das 9 às 22h. As inscrições se encerram nos dia 12 de outubro, às 23h

Notícias 0 comentários

Apropucc participa do Planejamento Pedagógico do CLC

Nesta quinta-feira (11) a Apropucc esteve presente no Planejamento Pedagógico dos professores do Centro de Linguagem e Comunicação da PUC-Campinas. O presidente da entidade, Ednilson Arendit e a vice-presidente, Silvana Suaiden,

Notícias

Fepesp: Sindicato forte, você forte!

Sozinho, cada um tem uma carga muito grande de problemas para resolver. Juntos, fica difícil nos dobrar. Somos muitos e vamos defender nossos direitos. Os direitos que já estão na

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!