Fórum Ana Fonseca pela Redução da Desigualdade Social

 

 17 anos do Bolsa Família: Seminário Debate Renda Básica & Fome, e presta Homenagem à Ana Fonseca

Na semana que o Programa Bolsa Família completa o 17º aniversário – em meio a uma tentativa do governo federal de substituí-lo por outro programa social – será realizado o Seminário Ana Fonseca: Políticas Públicas, Cidadania e Enfrentamento das Desigualdades, promovido pela PUC/Campinas e UNICAMP, entre os dias 19 a 23 de outubro.

O evento ocorrerá poucos dias após o Prêmio Nobel da Paz 2020 colocar foco na agenda da fome no mundo, e a conferência temática de abertura será ministrada pelo brasileiro José Graziano, ex-Diretor Geral da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura), por duas gestões.

Além de emprestar o nome ao evento, Ana Fonseca, falecida em 2018 – responsável pela implantação do Bolsa Família – será homenageada com o lançamento do site www.anafonseca.com.br, associado ao Fórum Ana Fonseca pela Redução da Desigualdade Social.

O objetivo do encontro é apresentar e debater políticas de combate à pobreza no Brasil e na América Latina, por meio de lives diárias, com mesas de debates que terão a participação de especialistas brasileiros e latino-americanos.

Para assistir as exposições e debates do seminário, acesse as redes sociais do Forum Ana Fonseca:

As lives serão transmitidas a partir das 18h – na segunda (19) e terça (20) – e às 19h nos dias seguintes.

 

SEMINARIO_ANA_FONSECA_PROGRAMACAO

 

 

 

 

ANA FONSECA, PARA SEMPRE

Neste dia 25 de março, completou-se 1 ano desde a morte de Ana Fonseca.

Ao batizar este Fórum com o seu nome queremos expressar nossa admiração e respeito ao seu legado como referência na luta contra as desigualdades sociais. Queremos aplaudir sua contribuição ao Brasil e, em especial, aos brasileiros mais vulneráveis. Queremos celebrar sua coerência, dedicação e compromisso com uma nação mais justa e inclusiva.

Mas queremos celebrar, também, a pessoa que dá nome a esse Fórum. Ana Fonseca, a pessoa, não nutria apenas a tolerância com a diferença. Ela a amava, ela aprendia com o diferente, enxergava aí a possibilidade de descobrimento, crescimento, superação. Certamente isso fez dela uma gestora especial, que saía do gabinete para ir ver as políticas no ‘campo’, voltava à mesa de trabalho para formular os ajustes necessários nas políticas e por fim – agora, como pesquisadora – produzia um ‘paper’ baseada nesse aprendizado.

Ana Fonseca, a pessoa, era cearense, com muito orgulho e nordestina apaixonada. Paulista por adoção e corintiana devotada. Brasileiríssima, sabia de cor as letras dos sambas famosos e de outros nem tanto. A América Latina era o seu chão, a África sua raiz. Conhecer novos povos, uma felicidade. Contava ‘causos’ com prazer e encanto que só ela. Amou a vida até o fim.

Nossa querida amiga, colega, chefe, companheira, é uma inspiração para todos. Inspiração não pode acabar.

Ana Fonseca, para sempre!

 

Fonte: Facebook do Fórum Ana Fonseca pela Redução da Desigualdade Social

Artigos relacionados

informativos 0 comentários

Garantir a data-base é a prioridade nesta Campanha Salarial

Mesa de negociação entre a Fepesp e o Semesp Começou a negociação da Campanha Salarial 2017 dos professores, das professoras e dos auxiliares do Ensino Superior privado do estado de

informativos

Cineasta Carlos Pronzato fala da nova obra sobre os cem anos da greve geral de 1917

Argentino radicado no Brasil desde os anos 80, o cineasta Carlos Pronzato é um dos principais documentaristas da atualidade, com foco em temas populares e processos de lutas, entre eles

informativos

Servidores públicos de SP fazem ato na sexta-feira (27) em defesa do setor

Servidores públicos do estado de São Paulo irão cruzar os braços contra o sucateamento e as privatizações das empresas públicas e a falta de valorização da categoria. Um grande ato

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!