Especial Mulher: cartilha “A Origem Socialista do Dia da Mulher”

Especial Mulher: cartilha “A Origem Socialista do Dia da Mulher”

No ano passado o NPC (Núcleo Piratininga de Comunicação) lançou a oitava edição da cartilha “A Origem Socialista do Dia da Mulher”, para marcar o Dia Internacional da Mulher.

Mesmo com o passar do tempo, o conteúdo do material continua bastante atual, didático e repleto de ilustrações do cartunista Carlos Latuff.

O material questiona a versão de que o 8 de março teria começado a partir de uma greve ocorrida em 1857 em Nova Iorque, quando teriam morrido 129 operárias queimadas vivas. A obra lembra que, ao contrário do que foi intensamente divulgado, o Dia Internacional da Mulher tem uma origem socialista, que remonta ao início do século 20. Inclusive o 8 de março foi fixado a partir de uma greve iniciada no dia 23 de fevereiro (calendário russo) de 1917, na Rússia. Uma manifestação organizada por tecelãs e costureiras de Petrogrado foi o estopim da primeira fase da Revolução Russa. Como escreveu Alexandra Kollontai, membro do Comitê Central do Partido Operário Social Democrata Russo, “nesse dia as mulheres russas levantaram a tocha da revolução”.

A cartilha ““A Origem Socialista do Dia da Mulher” explica a história desta data, que precisa continuar sendo lembrada com sua força revolucionária e transformadora.

Boa leitura!

Fonte: Núcleo Piratininga de Comunicação

Artigos relacionados

Notícias

Previsão Orçamentária e pauta da Campanha Salarial 2018 são aprovadas

Foi aprovada no último sábado, dia 25, a proposta de Previsão Orçamentária do Sinpro Campinas e Região para o exercício de 2018, apresentada pelo diretor tesoureiro, Herick Martin Velloso, o

Notícias

Mulheres pela Democracia e Contra o Golpe

Hoje (13), às 17h, no Largo da Catedral de Campinas, acontece o “Ato das Mulheres em Defesa da Democracia e Contra o Golpe”. O objetivo é defender a Democracia brasileira,

Notícias

Campanha Salarial 2017: a pauta está na mesa

Nossa Campanha Salarial 2017 está em curso. Nesta sexta-feira (16) as entidades patronais receberam formalmente nossa pauta de reivindicações, dando início às negociações para renovação de nossas convenções e acordos

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!