Sinpro Campinas prepara diversas atividades para o mês do professor

programa mes professor_reduzidoO Sinpro Campinas e Região está preparando uma série de atividades para comemorar o Mês do Professor. No dia 16 de outubro faremos uma panfletagem no Largo do Rosário para alertar sobre os ataques à Educação e aos professores e professoras.
Outras atividades programadas são Café com Bolo nos dias 9, 10 e 11 de outubro, Café da Manhã seguido de Ato Político em Defesa dos Direitos e da Democracia no dia 28, com lançamento da Agenda 2018 e da Campanha da Contee: “Apagar o Professor é apagar o Futuro”.
Professor, professora, acompanhe as notícias da programação do mês de outubro pelo site do Sinpro e na página do Facebook .

Programação
Dias 9, 10 e 11 de outubro – Café com bolo na sede e Subsedes do Sinpro Campinas, das 9 às 17 horas

Dia 14/10/2017 – Ato da Apeoesp no Largo do Rosário

Dia 16/10/2017 – a partir das 9 horas, panfletagem dos diretores do Sinpro, no Largo do Rosário, Centro de Campinas

Dia 28/10/2017  Café da manhã seguido de Ato Político em Defesa dos Direitos e da Democracia.

Lançamento da Agenda 2018
Lançamento da Campanha da Contee: “Apagar o Professor é apagar o Futuro”
Horário: a partir das 9 horas
Local: As atividades acontecem na sede do Sinpro Campinas e Região, Av. Profª Ana Maria Silvestre Adade, 100 – Pq das Universidades

Fonte: Sinpro Campinas

Artigos relacionados

Notícias

Aluno gravando aula? Professor não deve autorizar!

Além dos canais de apoio criados pela Fepesp e seus sindicatos integrantes para assistência a quem sentir-se atingido por restrições, pressão da comunidade escolar ou tentativas de sanção administrativa quanto

Notícias

O Planejamento Estratégico Situacional (PES) e La Planificación Estratégica Situacional

As experiências Brasileira e Cubana “O que define o caráter estratégico de uma decisão é a duração do efeito desta decisão e seu impacto sobre o futuro da Organização.” (Prof. Pedro

Notícias

Licença sem remuneração não deve atender aos interesses das escolas

O Sinpro Campinas e Região tem recebido denúncias de professores que estão sendo levados a solicitar licença sem remuneração para atender aos interesses das instituições do Ensino Superior e da

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!