Aula Pública: O papel da Juventude na Conjuntura Atual

No Dia Internacional da Juventude, comemorado em 12 de agosto, a ONU (Organização das Nações Unidas) escolheu como tema a “Participação Cidadã da Juventude” (tradução livre de “Youth Civic Engagement”).

No Brasil, a data trouxe à tona as discussões sobre o desafio de incluir a juventude nos debates políticos, principalmente, diante desse momento de crise econômica e de perda de direitos sociais e trabalhistas históricos que impactam fortemente o futuro dos jovens.

Os jovens não conseguem encontrar emprego, os salários estão arrochados, as famílias estão acumulando dívidas porque não conseguem arcar com as despesas do mês e a inflação não para de crescer. Diante deste cenário, as saídas para a juventude parecem incertas! Por isso convidamos a juventude a debater esse panorama e acumular forças para lutar contra os retrocessos.

Então, dando continuidade ao calendário de aulas públicas, no dia 12/09 (terça-feira), das 19h30 às 22h30, no Campus I da PUC-Campinas (sala 901), vamos debater “O papel da Juventude na Conjuntura Atual”.

O encontro será conduzido pelo professor da PUC-Campinas, sociólogo e escritor, Arnaldo Lemos Filho e o coordenador técnico do CES (Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho), sociólogo, professor, ex-presidente da Contee e do Sinpro, Augusto Petta.

O encontro integra o calendário de atividades e ações de fomento e formação da consciência política e social da comunidade universitária da PUC-Campinas e conta com o apoio do CES (Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho).

A atividade é aberta à comunidade interna e externa da PUC-Campinas

Professor(a), traga seus alunos para dialogar sobre esse importante tema!

21369092_1073712602763261_2630606856547615985_n

 

Artigos relacionados

Notícias

Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência

A 69ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) sob o tema “Inovação – Diversidade – Transformações” ocorrerá de 16 a 22 de julho de 2017,

Notícias

Temer corta verba de educação, saúde, assistência social e saneamento

Com o orçamento limitado pela emenda constitucional que prevê um teto de gastos para o governo federal, as vítimas preferenciais da escassez de recursos em 2018 serão as áreas sociais,

Notícias

Conhecimento Sem Cortes

Foi lançando o movimento “Conhecimento Sem Cortes”, de várias universidades e agências de fomento à pesquisa,  contra os cortes no orçamento das universidades públicas e da ciência e tecnologia. Conhecimento

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!