Em defesa da Previdência, centrais convocam GREVE NACIONAL dia 5 de dezembro

Contra a proposta de “reforma” da Previdência Social proposta pela gestão Temer e que pode ir à votação na primeira semana de dezembro, as centrais sindicais (CTB, CUT, Nova Central, Força Sindical, CSB, UGT, Intersindical, CSP-Conlutas e CGTB) orientam todas as bases a se mobilizarem e construir a GREVE NACIONAL dia 5 de dezembro. A agenda de ação foi aprvada na reunião desta sexta-feira (24), ocorrida na sede da Forção Sindical e contou com a presença das centrais sindicais, de confederações, federações e diversos sindicatos estratégicos para a construção da greve.

De acordo com a nota. a orientação é, desde já, “realizarem ampla mobilização nas bases – assembleias, atos, debates e outras atividades – como processo de organização de uma Greve Nacional, no dia 5 de dezembro, contra as propostas de reforma da Previdência Social, que acaba com o direito à aposentadoria dos trabalhadores brasileiros”.

Leia íntegra:

São Paulo, 24 de novembro de 2017

Centrais Sindicais convocam greve nacional dia 5 contra a reforma da Previdência e em defesa dos direitos

Reunidas na sede da Força Sindical na manhã desta sexta-feira, 24, as Centrais Sindicais CUT, Força Sindical, UGT, CTB, Nova Central, CSB, Intersindical, CGTB e CSP-Conlutas definiram realizar GREVE NACIONAL no dia 5 de dezembro, contra a nova proposta de desmonte da Previdência Social apresentada pelo governo.

As Centrais Sindicais convocam todas as entidades sindicais e movimentos sociais a realizarem ampla mobilização nas bases – assembleias, atos, debates e outras atividades – como processo de organização de uma Greve Nacional, no dia 5 de dezembro, contra as propostas de reforma da Previdência Social, que acaba com o direito à aposentadoria dos trabalhadores brasileiros.

As Centrais Sindicais exigem que o Congresso Nacional não mexa nos direitos trabalhadores!

CTB – Central dos Trabalhadores e das Trabalhadoras do Brasil
CSB – Central dos Sindicatos Brasileiros
Força Sindical
NCST – Nova Central Sindical de Trabalhadores
UGT – União Geral dos Trabalhadores
CUT – Central Única dos Trabalhares
CSP Conlutas – Central Sindical e Popular}
Intersindical – Central da Classe Trabalhadora
CGTB – Central Geral dos Trabalhadores do Brasil

Fonte: Portal CTB

Artigos relacionados

Notícias

Ednilson Arendit é reeleito para representação docente no Consun

O professor Ednilson José Arendit (CEA) foi reeleito como representante do corpo docente junto ao Consun (Conselho Universitário) da PUC-Campinas. Ele também é presidente da Apropucc e diretor do Sinpro Campinas e Região. A

Notícias

Governo detalha regras do ensino domiciliar

Além de comprovar o vínculo com o aluno, os pais ou responsáveis pelo estudante ficam encarregados de apresentar um plano pedagógico individual, detalhando a forma como as aulas serão conduzidas.

Notícias 0 comentários

Moção de Apoio à Luta dos Professores Estaduais de São Paulo

Em São Paulo, os professores da rede estadual estão em greve desde 13 de março, reivindicando reajuste salarial e melhores condições de trabalho. Para apoiar essa luta justa e cobrar

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!