Censo traz retrato da educação superior do país

Além do avanço da educação a distância, o levantamento aborda formação de professores, permanência de estudantes, ingresso e inclusão, entre outros temas

A educação a distância foi o destaque do Censo da Educação Superior 2018, divulgado pelo MEC na quinta, dia 19 de setembro. Pela primeira vez, o número de vagas oferecidas a distância foi maior do que na modalidade presencial. Das 13,4 milhões de vagas oferecidas, 7,1 milhões são a distância, o que corresponde a cerca de 53% das vagas ofertadas. Na modalidade presencial, são cerca de 6,3 milhões de vagas.

Mas o que isso significa? E o que o avanço da educação a distância diz sobre a educação superior brasileira? O fortalecimento da EAD abre um leque de pautas que merecem aprofundamento, a fim de se compreender melhor como esse processo está ocorrendo e quais os efeitos pode desencadear. Além disso, com base nos dados do Censo é possível fazer matérias sobre outros temas relacionados à educação superior, como formação de professores, permanência de estudantes, concentração da oferta da EAD e inclusão.

É o que mostra a editora pública da Jeduca, Marta Avancini, no vídeo a seguir.

Fonte: Jeduca (Imagem Capa: Divulgação/MCTIC)

Artigos relacionados

Notícias

Em nome de José Martí e Fidel, vos apresento: Baliños, Julio Mella e Cienfuegos…

O curso de didática organizado pelo CES (Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho) em parceria com a CTC (Central dos Trabalhadores de Cuba), na Escola Superior Ñico Lopes/Havana,

Notícias

Sarau dos Professores integrará humor e educação

“O humor e a Educação: Novos Desafios” é a tema do próximo Sarau dos Professores em parceria com a Apropucc. Será nesta sexta-feira (30/10), às 18h pelo Facebook e YouTube

Notícias

“Mudanças na paisagem urbana do RJ nos tempos de D. João VI” é o tema da videoconferência da Rabeca Cultural

A Rabeca Cultural convida para a conferência online do projeto “Revisitando o Brasil, Viagens Contextualizadas. Do local ao Global/Do Global ao Local.” com o tema “Mudanças na paisagem urbana do RJ nos tempos

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!