Mês da Consciência Negra – Unicamp organiza calendário sobre “Africanidades Brasileiras”

Mês da Consciência Negra – Unicamp organiza calendário sobre “Africanidades Brasileiras”

Até 30 de novembro ocorrerá o Unicamp Afro, com o evento “Africanidades brasileiras: epistemologias em debate”.
O evento tem como objetivo resgatar e valorizar os traços afro-brasileiros que compõem a construção da identidade do país, através de várias atividades como oficinas, palestras, apresentações culturais e a I Feira Afro-Brasileira da Unicamp.

Sobre Africanidades brasileiras: epistemologias em debate, resulta do conhecimento da cultura afro-brasileiro em diferentes perspectivas: histórica, social, política, educacional, filosófica, artísticas, normativa e acadêmica.

A programação completa pode ser acessada no link https://www.ggbs.gr.unicamp.br/unicampafro/. O encontro conta com o apoio de diversas entidades do movimento negro é organizado por órgãos e coletivos da Unicamp.

Marcha Zumbi

No Dia Nacional da Consciência Negra, 20 de Novembro, acontece em Campinas a Marcha Zumbi dos Palmares. A concentração será às 10h, na Estação Cultura. A marcha traz como lema “Vidas Negras Importam” que clama o fim da violência contra a juventude negra no Brasil.

Segundo dados  divulgados pelo UNICEF, de cada mil adolescentes brasileiros, quatro vão ser assassinados antes de completar 19 anos. Se nada for feito, serão 43 mil brasileiros entre os 12 e os 18 anos mortos de 2015 a 2021, três vezes mais negros do que brancos. Entre os jovens, de 15 a 29, nos próximos 23 minutos, uma vida negra será perdida e um futuro cancelado.

 É necessário que o Estado e a sociedade se comprometam com o fim do racismo – elemento chave na definição das desigualdades sociais e do perfil das vítimas da violência no país.

zumbi_marcha

Artigos relacionados

Destaques

Nota contra o golpe de Estado na Bolívia

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino — Contee condena o golpe de Estado deflagrado neste domingo, 10 de novembro de 2019, contra o presidente da Bolívia, Evo

Destaques

“Resistência Democrática” foi eleita com 94,6% de aprovação para dirigir a Apropucc no biênio 2020/2021

Nesta semana ocorreu a eleição para nova diretoria da Apropucc. O processo que transcorreu satisfatoriamente foi organizado pela Comissão Eleitoral formada pelos professores Heloisa Aparecida de Souza (CCV) e Gustavo

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!