Dia 28/02 tem assembleia dos Professores da Educação Básica

Os professores e professoras da Educação Básica estão convocados para a assembleia com falta abonada, no dia 28/02 (quinta-feira), às 9h, na Sede do Sinpro. A assembleia tratará sobre o reajuste salarial e outras cláusulas da Convenção Coletiva de Trabalho, documento que garante os direitos da nossa categoria.

É o seu direito participar da assembleia! As instituições de ensino já foram avisadas, os docentes que participarem da assembleia terão a falta abonada, como garante a Convenção Coletiva da categoria.

Negociações

Na primeira rodada de negociação da campanha salarial 2019 na Educação Básica, realizada na quinta-feira, 24, o patronal mostrou que ainda está sob o impacto da bem-sucedida mobilização que mostramos no ano passado: unidos, defendemos nossa Convenção Coletiva e os donos de escola tiveram que aceitar manutenção de nossos direitos sem qualquer corte de férias, recesso, bolsas de estudo, como queriam.

Agora o desafio é ainda maior! Para defender o que já conquistamos, nossa união é o que conta.

Duas novas rodadas de negociação já foram marcadas, em 12 e 26 de fevereiro, com a possibilidade de se acrescentar data intermediária se necessário.

Reunião – 16/02

No próximo sábado, dia 16/02, o Sinpro convida professores e professoras para reunião de esclarecimentos sobre como andam as negociações com os representantes dos donos das escolas e para a construção de estratégias e planos de luta da categoria.

A participação dos docentes nessa reunião é fundamental para que possamos começar a estruturar nossa campanha.

A reunião acontecerá às 9h, na sede do Sinpro.

Fonte: Sinpro Campinas

Artigos relacionados

informativos

III Seminário: Trabalho e Saúde dos Professores

O evento é uma ação multidisciplinar idealizada e organizada pela área de Educação da Fundacentro em parceira com profissionais das áreas de Comunicação e Epidemiologia e Estatística. Objetivo Propiciar a reflexão

informativos

Procurador do Trabalho: Reforma trabalhista não melhorou a economia

O procurador-geral do Trabalho, Alberto Balazeiro, declarou que não enxerga pontos positivos na reforma trabalhista feita no governo de Michel Temer. Segundo o chefe do MPT (Ministério Público do Trabalho),

informativos

CLACSO repudia tentativa de desestabilização do Brasil

O Conselho Latino-americano de Ciências Sociais (CLACSO) emitiu um comunicado repudiando as tentativas de desestabilizar a democracia no Brasil. O documento é assinado pelo Comitê Diretivo e Secretaria Executiva da

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!