Cineclube Outubro: JANGO – Como, Quando e Porque se depõe um presidente?

Esse ano comemoramos 100 anos do nascimento de João Goulart, conhecido como Jango, um dos presidentes brasileiros que mais trabalhou em favor dos interesses do povo, deposto pelo golpe militar de 1964, ao qual se seguiu a instalação de uma Ditadura.

Na ocasião, o Cineclube Outubro exibe o documentário “Jango”, de Silvio Tendler, que atingiu meio milhão de espectadores, sendo o mais assistido até hoje no país. Será 9/05 (quinta-feira), às 17h, no Auditório da Adunicamp.

João Vicente Goulart, autor do livro “Jango e Eu, memórias de um exílio sem volta”, que relata sua história no exílio a que foi forçado junto com seus pais e irmã – em meio à infância até a idade adulta – pela perseguição ditatorial da qual sua família foi vítima, estará conosco para conversar sobre o filme após a sua projeção.

Ele tem participado dos eventos comemorativos aos 100 anos de nascimento de seu pai, Jango, e falará sobre a sua visão do Brasil durante os anos de chumbo, que observou a partir desse exílio, a partir das 19h.

Ao final do debate, João Vicente estará autografando seu livro no mesmo auditório, localizado na Av. Érico Veríssimo, 1479, na Cidade Universitária (Unicamp) – Campinas.

Programação:

  • 17h – Filme (Jango, de Sílvio Tendler).
  • 19h – Debate (Coordenação do Prof. Dr. Wagner Romão, presidente da ADUNICAMP).
  • 20h – Lançamento do Livro, coquetel e sessão de autógrafos com o autor (Organizado pela Livraria Pontes).

Direção: Silvio Tendler

Roteiro: Maurício Dias e Silvio Tendler

Trilha Sonora: Milton Nascimento e Wagner Tiso

Narração: José Wilker

Participações: João Goulart e Juscelino Kubitschek (imagens de arquivo), Leonel Brizola, Frei Beto e outros.

Duração: 1h57

Ano de produção: 1984.

Prêmios: Troféu Margarida de Prata, da CNBB (1984); Prêmio especial do júri, prêmio do público e de melhor trilha-sonora do Festival de Gramado (1984); Prêmio especial do júri no Festival de Havana (1984)

Parcerias: Fundação Grabois, ADunicamp, Sinpro Campinas, Apropucc, STU e Apeoesp.

Apoio: Livraria e Editora Pontes

WhatsApp Image 2019-05-03 at 15.29.59

Artigos relacionados

Notícias

Reforma Trabalhista deve ser aplicada à luz da Constituição

A Lei 13.467/17, relativa à Reforma Trabalhista, vigente desde o dia 11 de novembro de 2017, não pode ser aplicada aos processos ajuizados antes desta data. A reforma deve ser aplicada

Notícias

Sinpro Campinas propõe discussão sobre sustentação financeira para 2018

O Sinpro (Sindicato dos Professores) de Campinas e Região realiza neste sábado (25), às 8h30, sua Assembleia Ordinária de Previsão Orçamentária para 2018. Com o fim da Contribuição Sindical, queda

Notícias

Unicamp também ministrará disciplina sobre o golpe

Jornal GGN – A disciplina especial ‘O golpe de 2016 e a democracia’, do professor Luis Felipe Miguel, na UnB, que fez com que o ministro da Educação, Mendonça Filho, esbravejasse,

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!