APROPUCC CONVIDA | Aula sobre “Arquitetura de Campinas: Transformações séculos XIX para XX”

Nesta nova edição do Projeto Revisitando o Brasil, edição Revisitando Campinas, de curadoria do Professor Pedro Lemos, em parceria com a jornalista Luciana de Almeida, do projeto turístico que desenvolve passeios locais, o receptivo Próximo Passeio, visitaremos os Monumentos Públicos de Campinas pelo viés da Arte e História.

Módulo 1

– Campinas Histórica & Arquitetônica – Dia 24/06 (sábado), das 14 às 16h30

Teremos uma parte teórica com aula ministrada no CCLA (Centro de Ciências, Letras e Artes), no centro de Campinas, prédio histórico que abriga o Museu Carlos Gomes.

Será uma palestra introdutória à visita técnica, o tour sobre os monumentos da cidade, que ocorrerá no dia seguinte. O tema “A Arquitetura da Cidade” será ministrado por dois grandes especialistas sobre arquitetura de Campinas, o Prof. Dr. Marcos Tognon que atua entre outros projetos na Unicamp, na área de História da Arte, acompanhado da Profª. Drª e Arquiteta Ana Villanueva.

– Campinas Histórica & Arquitetônica – Dia 25/06 (domingo)

O tema continua com o tour pelo centro de Campinas com visitação aos monumentos e personagens que marcaram a história da cidade, conduzidos pelo especialista Josemar Antônio Giorgetti, doutorando pela Unicamp na linha de pesquisa de Monumentos Públicos.

Confira um pouco do que veremos na aula

Estacao Cultura mperonCampinas completa 250 anos de efetiva história da arquitetura: unitária na origem, fragmentada e híbrida nos dias atuais. Uma cidade que nasceu por três vias paralelas nas últimas décadas do século 18: Freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Campinas do Mato Grosso, Vila de São Carlos e Cidade de Campinas.

Hoje, vive grandes impasses nos dias contemporâneos, seja pelo ainda incerto destino do seu centro histórico e seu extenso patrimônio ferroviário, seja pela renovada verticalização que se vive em bairros tradicionais até a heterogênea periferia que sempre se alarga entre condomínios amuralhados e assentamentos humanos precários.

Campinas é um território onde a qualidade arquitetônica não se manifesta facilmente, pois é uma cidade, segundo Antônio da Costa Santos, onde a vocação especulativa e predatória procura vencer planos urbanos, obras, monumentos e paisagens que nas suas origens pretenderam trazer qualidade, civilidade e urbanidade.

Assim analisaremos o período decisivo para a construção de uma “Campinas cidade moderna”, desde a segunda metade do século XIX até a década de 1930: a Matriz Nova – hoje Catedral Metropolitana de Campinas – se torna o principal paradigma técnico, estético e urbanístico desse período que celebra também a chegada da ferrovia, a implantação de planos urbanísticos que combatem a febre amarela e monumentalizam o centro e novos bairros, não esquecendo as principais iniciativas na construção de uma urbanidade “ordeira e progressista”, plena de qualidades mas também de contradições!

Entender suas fases e o porquê de como a cidade se apresenta hoje, ajuda a decifrá-la e a conservar sua história e a reescrevê-la.

Como se inscrever

O encontro tem um custo bem acessível e na hora da reserva, o interessado pode se inscrever nas duas atividades, ou apenas uma, de acordo com seu interesse, seja de turista ou de aprofundar mais no conhecimento.

Esta atividade é organizada pelo Projeto Revisitando o Brasil com apoio da APROPUCC (Associação de Professores da PUC-Campinas) e Sinpro Campinas e Região (Sindicato dos Professores).

Para inscrever-se ou obter mais informações, CLIQUE AQUI.

Fonte: site Próximo Passeio / Foto: Divulgação

Artigos relacionados

Notícias

CNBB manifesta apoio ao Cimi e denuncia desrespeito a direitos conquistados

Para a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), as acusações recebidas pelo Conselho Indigenista Missionário (Cimi) são infundadas e injustas. Em nota divulgada pela presidência da entidade nesta quinta-feira,

Notícias

Juízes e procuradores pedem a pronta suspensão de reformas de Temer

Associações da Magistratura e do Ministério Público afirmam que, se confirmadas as denúncias contra Temer, a manutenção do peemedebista é inviável Em nota desta quinta-feira 18, importantes associações de juízes

Notícias

“Quanto antes melhor”: outubro rosa, mês de conscientização sobre o câncer de mama

Outubro Rosa é um movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama, criado no início da década de 1990 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure. No Brasil,

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!