Sábado, 25 de março, é dia de assembleia da Campanha Salarial

Sábado, 25 de março, é dia de assembleia da Campanha Salarial

O Sinpro Campinas e Região convoca os professores da Educação Superior, do Sesi, Senai, das Naves-Mães e de seis entidades conveniadas da Prefeitura (que assinaram acordo coletivo com o Sinpro em 2016) para a assembleia da Campanha Salarial, que ocorrerá neste sábado (25), às 9h, na sede da entidade.

Essa será uma assembleia decisiva, onde serão apresentadas as contrapropostas patronais às reivindicações das categorias. Um dos itens mais importantes será a defesa de acordos de dois anos, para garantir mais tranquilidade aos docentes e funcionários administrativos nesta época de grande turbulência política e econômica no país.

Estão em jogo e serão discutidos também o reajuste salarial, benefícios como VR e VA e questões específicas como planos de saúde e bolsas de estudo (na Educação Superior) e manutenção de importantes cláusulas sociais.

O desafio na Campanha Salarial deste ano tem sido o de garantir, durante as negociações, que direitos conquistados e aprimorados durante mais de vinte anos, em campanhas salariais sucessivas, não sejam comprometidos por um cenário econômico que tem colocado os trabalhadores em alerta.

Caso não cheguem novas contrapropostas dos patrões, a assembleia dos professores deverá discutir os rumos da Campanha Salarial e a autorização do Sinpro e Fepesp a ingressarem com dissídio coletivo na Justiça do Trabalho. Além de deliberar sobre possível greve ou mobilização, entre outras formas de luta.

Nossa campanha, desde o início, foi em legítima defesa de nossos direitos! Agora é a hora de confirmar nossa determinação e de discutir e decidir o futuro de nossa campanha.

A sede do  Sinpro Campinas e Região fica na Av. Profª Ana Maria Silvestre Adade, 100, Parque das Universidades – Campinas/SP.

Debate sobre Reforma do Ensino Médio

Antes da assembleia haverá um debate sobre a Reforma do Ensino Médio, com a professora da Faculdade de Educação da Unicamp, Nora Rut Krawczyk, que atualmente pesquisa as políticas de Ensino Médio no Brasil.

FEPESP ASSEMBLEIA 25-03 boletim geral
Fonte: Sinpro Campinas e Fepesp

Artigos relacionados

informativos

A realidade da Justiça do Trabalho perante o direito do trabalhador

Por João Batista da Silveira* O juiz Jorge Luiz Souto Maior, em seu artigo “Vamos falar séria e honestamente sobre a Reforma Trabalhista?”, afirmou, antes da aprovação da Lei 13.467/2017,

informativos 0 comentários

Professor Uber: a precarização do trabalho invade as salas de aula

A degradação das relações trabalhistas ameaça a carreira docente. Na rede pública de três estados, os temporários já são maioria   Sob o comando do tucano Duarte Nogueira, a prefeitura

informativos

CLACSO repudia tentativa de desestabilização do Brasil

O Conselho Latino-americano de Ciências Sociais (CLACSO) emitiu um comunicado repudiando as tentativas de desestabilizar a democracia no Brasil. O documento é assinado pelo Comitê Diretivo e Secretaria Executiva da

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!