Processo eleitoral do Sinpro Campinas tem uma chapa inscrita

A eleição para a escolha da nova diretoria do Sindicato dos Professores de Campinas e Região terá chapa única. O prazo de inscrição de chapas terminou no dia 3 de outubro.  A chapa única é a Chapa 1: Unidade, Resistência e Luta.

A eleição deste ano ocorrerá entre os dias 23 e 27 de outubro e vai definir a próxima Diretoria para o triênio 2018-2021.

Lista de votantes

Na sexta-feira dia 6, foi divulgada a lista de professores votantes. A listagem com os nomes dos filiados em condições de votar na eleição está disponível na Sede e Subsedes do Sinpro Campinas e Região.

Votação

Na próxima semana será divulgado o roteiro das urnas de votação. Serão ao todo 15 urnas, quatro fixas, uma em cada Subsede e uma na Sede do Sindicato e as demais, urnas itinerantes, que percorrerão as diferentes escolas que autorizaram a realização do processo eleitoral.

Professor, professora, caso sua escola não esteja entre aquelas que vão receber urnas itinerantes, dirija-se à sede do Sinpro Campinas e Região para votar.

Após o período de votação, caso não seja obtido o quórum de votantes em primeira convocação, será realizada a segunda votação nos dias 6, 7 e 8 de novembro de 2017.

A Diretoria eleita tomará posse no dia 2 de fevereiro de 2018 e terá seu mandato até 01 de fevereiro de 2021.

Artigos relacionados

Notícias

“Reforma” trabalhista “conduz ao caos social”, diz desembargador do TRT-15

Crítico severo da “reforma” Trabalhista do governo Michel Temer (MDB-SP), a Lei n. 13.467/17 –, o professor Jorge Luiz Souto Maior, livre-docente de Direito do Trabalho da USP e desembargador do Tribunal

Notícias

Sinpro faz ações contra demissões irregulares de professores do Colégio Piracicabano e da Unimep

O Sinpro Campinas e região reuniu-se ontem, dia 10, com os professores do Colégio Piracicabano e da Unimep para tratar sobre as demissões dos docentes e as irregularidades cometidas pela

Notícias

Balanço da SBPC aponta “cenário desastroso” na ciência e pesquisa do Brasil

A Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) divulgou, no último dia 19 de dezembro, um balanço da política científica brasileira em 2019. O documento teve pouca repercussão na

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!