Campanha Solidária: “A Amazônia precisa de você”

Campanha Solidária: “A Amazônia precisa de você”

A Amazônia precisa de você” é o nome da iniciativa das Pontifícias Obras Missionárias (POM) e da Rede Eclesial Pan-Amazônica (REPAM-Brasil) que pretende arrecadar doações.

Esta iniciativa é fruto da Campanha Solidária Emergencial da Igreja no Brasil “É tempo de cuidar” que despertou inúmeras ações neste tempo de pandemia.

Os dados são alarmantes e as situações muito graves de escassez de alimentos, falta de material de higiene e de proteção, sem contar os inúmeros casos não notificados de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

Na campanha, qualquer pessoa ou organização poderá participar com doações, que serão realizadas por meio de depósito ou transferência bancária em uma conta específica para esta finalidade. As doações serão encaminhadas pela REPAM-Brasil e POM para as Igrejas locais por meio de solicitações feitas pelas próprias dioceses ou prelazias. Os pedidos serão analisados por uma equipe das organizações promotoras que farão uma avaliação dos pedidos e recursos arrecadados, de forma a atender o maior número de pessoas e comunidades em situação de vulnerabilidade.

Instituições que organizam a campanha

POM e REPAM-Brasil são organismos da Igreja que atuam em diferentes territórios do Brasil e do mundo. As duas organizações acompanham diariamente a situação das populações afetadas pela pandemia da COVID-19, por meio de diálogos com os bispos, religiosas, religiosos, clero e outras lideranças locais, especialmente no território amazônico.

De acordo com as instituições promotoras da campanha, a ação é um gesto concreto de solidariedade de todo o Brasil para com uma das regiões mais afetadas pela pandemia. A REPAM-Brasil e as POM irão acompanhar os planos de ajuda de cada Igreja particular, auxiliando na elaboração de estratégias de atendimento que minimizem o sofrimento das populações locais.

Para o Cardeal Cláudio Hummes, presidente da REPAM-Brasil, as ajudas são urgentes, já que o poder público e mesmo as ações de solidariedade locais não estão dando conta de atender às necessidades. “As comunidades do interior da Amazônia, à beira dos rios e na floresta, nas periferias pobres e desamparadas das cidades, todas estão enfrentando o furor do novo coronavírus. Falta quase tudo para poder enfrentá-lo”, afirma o Cardeal que faz um apelo: “Eu peço encarecidamente que você contribua com a campanha lançada pelas POM e pela REPAM. Deus vai recompensar você como só ele sabe fazer. A Amazônia precisa de você”.

Pe. Maurício Jardim, diretor das POM no Brasil, lembra que as POM são uma rede internacional que apoia o Papa em sua solicitude com todas as Igrejas particulares. “Neste tempo de crise, de pandemia, de muitas necessidades, as POM criaram um fundo de solidariedade para socorrer as Igrejas mais necessitadas nos territórios de missão em todo o mundo. Também houve o incentivo para que nacionalmente fosse criada uma campanha como forma de ajudar em seu país aqueles que mais estão necessitados”, lembrou o diretor.

A campanha “A Amazônia precisa de você” tem o apoio da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil e da Cáritas Brasileira.

Doações

CNPJ: 50.668.441/0001-34

Banco do Brasil

Agência: 3413-4

Conta: 170.703-5

Para doações internacionais e mais informações, entrar em contato pelo e-mail: amazonia@repam.org.br

 

Fonte: Repam

Artigos relacionados

informativos

“Os marcos de formação e transformação de Campinas” é tema de debate do projeto “Revisitando o Brasil” da Rabeca Cultural

A Rabeca Cultural convida para a conferência online do projeto “REVISITANDO O BRASIL, Viagens Contextualizadas, Do local ao Global/Do Global ao Local.” com o tema “Um passeio pelos marcos de formação e

informativos

Entenda como funciona o esquema da PEC 241

A Auditória Cidadã da Dívida é uma associação, sem fins lucrativos, que possui entre os seus objetivos realizar, de forma cidadã, a auditoria da dívida pública brasileira, interna e externa, federal, estaduais e

informativos

Educação na ditadura, página infeliz da nossa história

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB, nº 4.024, de 1961), a primeira lei geral sobre o tema, permitiu a descentralização da educação da esfera federal para a

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!