1º Ciclo de Debates “Cinema e Direitos Humanos”

Reuniões VermelhoO PPGD/PUC-Campinas convida para o 1º Ciclo de Debates “Cinema e Direitos Humanos” em homenagem ao Professor Arnaldo Lemos Filho.

O debate tem coordenação do Prof. Dr. Lucas de Laurentiis e moderação do mestrando Eduardo Zucatto, além da presença de pesquisadoras e pesquisadores que integram ou são egressos do PPGD/PUC-Campinas e de discentes do programa de Iniciação Científica da Universidade.

O Ciclo de Debates será inaugurado na quinta-feira (2), a partir das 18h, com a primeira sessão sobre o filme “Espero tua (re)volta”, de 2019, com a presença da debatedora Ma. Viviane Tavares Leite Moreno, egressa do PPGD/PUC-Campinas.

O evento será aberto ao público, com acesso pelo link: https://bit.ly/3jkSmju

 

ESPERO TUA (RE)VOLTA (2019)

O filme “Espero tua (re)volta” (2019) é um retrato do movimento estudantil que ganhou força a partir do ano de 2015, ocupando escolas estaduais por todo Brasil.

Acompanhando três jovens do movimento e com imagens de arquivo de manifestações desde 2013, o documentário tenta compreender as ocupações e as suas principais pautas a partir do ponto de vista dos estudantes envolvidos.

A direção do filme é de Eliza Capai.

Reuniões Vermelh_1

 

Fonte: Divulgação PPGD/PUC-Campinas

Artigos relacionados

informativos

Sarau dos Professores lançado por Sinpro terá apresentações de Suê Galli e Neusa Mahow

Nesta sexta-feira (04/09), às 18h, o Sinpro Campinas e Região lança o “Sarau dos Professores” com a participação da artista plástica, escritora e ex-professora,  Suely Galli, que será acompanhada pela cantora Neusa

informativos

Cineclube Outubro apresenta: “O Grande Ditador”

O Cineclube Outubro exibirá  o filme “O Grande Ditador” nesta sexta-feira (12), às 19h, no MIS (Museu da Imagem e do Som de Campinas). A sessão será comentada pelos sociólogo e professor de Sociologia

informativos

“Plano Temer e a Educação Privada: mais privatização, mais recursos públicos e menos regulamentação”, por Maria Clotilde Lemos Petta

Antes mesmo do afastamento da presidenta Dilma Rousseff, a Contee e inúmeras entidades sindicais já denunciavam as medidas antidemocráticas que seriam aplicadas pelo governo golpista de Michel Temer. Abaixo compartilhamos

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!