Artigos do advogado Dr. Santana apresentam os principais ataques da Reforma da Previdência

Nesta sexta-feira (29), a partir das 19h20, o professor e advogado trabalhista, José Geraldo Santana, ministra a palestra “Reforma da Previdência e o nosso Futuro: Uma análise para subsidiar professores/as e jovens profissionais”Será no Auditório Cardeal Agnelo Rossi no Campus I da PUC-Campinas.

Para subsidiar as discussões que serão apresentadas na palestra, Dr. Santana disponibilizou alguns dos seus artigos e textos complementares sobre a proposta do governo Bolsonaro de Reforma da Previdência.

Essa palestra é de extrema importância para que possamos produzir um conjunto de propostas e ações frente aos desafios dos próximos anos. Então, faça o download dos arquivos, compartilhe com seus colegas docentes e acompanhe as discussões sobre o direito previdenciário. E se você tiver dúvida, venha para a palestra, porque o que está em jogo são os seus direitos!

As inscrições devem ser feitas pelo e-mail apropucc@aproucc.org.br. Caso queira certificado, mencione no e-mail.

Acesse o pacote completo com todos os textos, ou clique abaixo para abrir o texto do seu interesse.

A palestra é organizada pela Apropucc e o Centro Nacional de Estudos Sindicais e do Trabalho com apoio do Sinpro Campinas.

 

CHAMADA_Previdencia_Santana_2

 

 

 

 

 

 

Sobre o autor

Artigos relacionados

informativos

Fepesp: Resistência, agora mais do que nunca

Ao votar contra a manutenção da compulsoriedade do recolhimento da contribuição sindical, o Supremo Tribunal Federal exarou voto político e condenou os sindicatos ao enfraquecimento maliciosamente montado na ‘reforma’ trabalhista. 

informativos

Educação Básica e Superior: Reajuste já está valendo

Os professores de Educação Básica e Superior já devem ter os salários reajustados referentes ao mês de junho em 2.14%. O percentual também deve ser aplicado no salário de férias

informativos

A quem interessa o fracasso da educação brasileira?

Coordenadora da Contee reflete sobre como os dados do Ideb podem ser utilizados para reforçar propostas como a Reforma do Ensino Médio Por Madalena Guasco Peixoto (*) A notícia foi

0 comentários

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar esta matéria!